29/11/2012

ALISAMENTO E SUA HISTÓRIA



A saga das brasileiras por cabelos lisos tinha como aliado, nos anos 1930, um aparato chamado Cabelisador. Parente distante da chapinha, o instrumento era uma espécie de haste de metal, que era levada à brasa ou ao fogão e depois usada para alisar os cabelos.

Dos anos 1940 em diante, tornou-se bastante utilizado o pente de metal, que (também aquecido no fogo) cumpria a mesma tarefa do cabelisador. Esse pente demetal, popularmente conhecido como “pente quente”, ainda era popular entre mulheres de baixa renda nos anos 1980.

A partir da década de 50, começaram a ser usados os primeiros alisadores químicos, feitos a partir de Soda Cáustica (Hidróxido de Sódio). Nesse período e durante muito tempo, havia quem passasse os cabelos a ferro, literalmente, entortando o pescoço na tábua de passar roupas.

Nos anos 1980, foram criados vários produtos para amenizar os efeitos danosos causados por processos de alisamento, muitos deles à base de queratina.

Os salões passaram a oferecer a técnica de relaxamento – que ganharia mais força.

Nos anos 1990.

Os produtos (a maioria deles eram importados) tinham formulações mais suaves e proporcionavam aspecto mais natural.

Fonte: (FRANQUILINO, 2009).


CURIOSIDADE:

DUAS PEÇAS PAPA ALISAR CABELO


1) CABELISADOR PAT. N° 194 23cm (9)" DE COMPRIMENTO (BRONZE E MADEIRA)

2) EB PARIS ACIER FRANCE 23cm (9)" DE COMPRIMENTO (AÇO)