01/09/12

ALISANTES ATÉ OS DIAS ATUAIS



Para haver uma transformação nos fios é necessário entender o pH dos fios e das químicas !


O produto com pH Alcalino ( mais próximo do 14 ) é o responsável pela abertura das cutículas dos fios para  a penetração do mesmo para modificar sua estrutura.

O produto com Ph abaixo do 7 é Ácida e ajuda  a fechar a cutícula dos fios e quanto mais se aproxima do zero mais Ácido será o produto.

Já com Ph 7  é ,  é neutra não sendo nem Alcalina e nem Ácida.

O pH do cabelo é medianamente Ácido, pois fica entre 4,5 e 5,5.


TABELA DE Ph




VAMOS AGORA AOS ALISANTES !


ATIVOS DE ALISAMENTOS ALCALINOS ( pH entre 9,0 a 13,50)

- Hidróxido de Sódio
- Hidróxido de Lítio
- Hidróxido de Potássio
- Guanidina ( química mais leve entre os Hidróxidos / Alisamento Térmico )

Tipo de transformações adquiridas nos fios com os Hidróxidos :

Relaxamento, amaciamento, Alisamento e o Alisamento Térmico com a Guanidina.

E OS ATIVOS REDUTORES ( pH entre 9,0 a 13,50 )

- Tioglicolato
- Tioclactato
- Tiometacrilato

Esses Ativos REDUTORES também são chamados de Oxi-Redução, Relaxamento e Escova Definitiva.

Tipos de transformações adquiridas nos fios com os Ativos Redutores:

Redução de Volume, Relaxamento, Defrizagem, Encacheamento e Alisamento Térmico.

OBS: Todos os TIOS precisam ser neutralizados.





Diferenças Básicas entre os Hidróxidos e os Tioglicolatos :

Os Hidróxidos não possuem cheiro ativo, muda a estrutura dos fios ( alisando), precisa de Creme ou Gel Protetor no couro cabeludo, testa orelhas e nucas e não há necessidade de neutralizar.

Os Tioglicolatos possuem cheiro Ativo, o fio fica maleável podendo ser moldado conforme o objetivo a ser alcançado ( encacheamento, alisamento, etc...) e precisa ser neutralizado.

HOJE NO MERCADO TEMOS TAMBÉM OS NOVOS ATIVOS REDUTORES MAIS USADOS E TAMBÉM BEM POLÊMICOS:

- Formol ( pH entre 3,0 e 5,0 )
Contém até 0,2% de formol (quantidade permitida pela Anvisa) que agem com seus ativos na parte externa da fibra capilar.
- Oxoacetamidas de Carbocisteína ( pH entre 1,5 e 2,0 )
- Ácido Glioxílico ( pH entre 1,5 e 2,0 )

Obs: Os produtos que contém em sua formulação Carbocisteíne ou com Ácido Glioxílico devem ser lavados no mesmo dia, cerca de 20 minutos em média, após o processo de escovação e piastra, devido à alta acidez dos mesmo.

TABELA DE INCOMPATIBILIDADE DE QUÍMICAS CAPILARES :

Clique na imagem para ampliá-la.



Sonia

Curiosidade :

1- Que novidade é essa, alisamento a base de Carbocisteína?

O que tem sido comercializado como grande novidade na área de alisamento é, na realidade, uma tratamento químico de oxi-redução em pH francamente ácido, na faixa de 1,0-1,5, associando-se o ácido glioxílico a uma base de amino-ácidos.

Quem faz essa ação é o Ácido Glioxílico ou Ácido Formilfórmico, que é um Ácido Aldeídico muito simples, exatamente como o Formol, cuja fórmula linear é OHC-COOH.

Não há milagres “naturais”, se você deseja reformatar o fio de cabelo, precisa romper a estrutura da cisteina, atacando as pontes de enxofre do cabelo.

Então, somente para que fique tudo muito claro, nessa nova moda de alisantes, quem faz a ação queratolítica, desestruturadora, é o Ácido Glioxílico. Nenhum amino-ácido tem essa capacidade. O que estes AA fazem é simplesmente tentar devolver um pouco de matéria ao fio agredido.

Resposta dada por Sonia Corazza (Graduada em Engenharia Química, ESQOC/SP, em 1981 com Especialização em Cosmetologia, atuando commais de 30 anos de experiência na área Cosmética )

OBSERVAÇÕES:

- Como podemos observar com as químicas ( Ativos) não existe transformações dos fios, sem elementos químicos que precisa romper a estrutura da Cisteina, atacando as pontes de Enxofre do cabelo. Então, não acredite em alisamentos Biológicos, de Aminoácidos, de Creatinina, de Arginina, Orgânicos e outros... Selagens, Cauterizações e outras nomenclaturas que mexam com a estrutura dos cabelos, dizer que não têm químicas, blá, blá, blá... Só mesmo se aplicar e na primeira lavada, o cabelo voltar  a sua estrutura.
O que existe mesmo que mude a estrutura dos fios é a química mais compatível a todo o histórico do cabelo, e assim mesmo. sem dispensar o Teste de Mechas.

Não  existem milagres !!! Nem um Santo Alisador ! Existem são químicas e ponto  !

- Quanto aos Hidróxidos , jamais devem ser aplicados em casa, sem um profissional e capacitadooo...! São realmente um risco imenso !
Um dia essas químicas ficarão arcaícas com o avanço da Dermatologia Capilar !

Acredite se quiser...

Ácido Glioxílico tem a capacidade de alisar cabelos até Afros, sem nenhum tipo de Relaxamentos e gradativamente, sem o perigo dos Hidróxidos. Para completar , ainda é compatível com todas as químicas, deixando apenas a  desejar,  por clarear até 2 tons os fios,  se o produto não tiver alta qualidade !
Não faz nenhum mal a saúde e pode ser usado sem contraindicações.

Sonia