23/09/2011

QUAIS OS DANOS QUE SEUS FIOS JÁ SOFRERAM ? DICAS DE COMO TRATÁ-LOS



Qual o estado atual do seu cabelo?

Com dicas de experts, você identifica quais os danos que seus fios já sofreram para tratá-los corretamente.


ALISADO

Aparência: a química faz com que os fios percam o balanço natural, sobretudo quando expostos a processos repetitivos. "Tanto no alisamento quanto no relaxamento, as ligações de enxofre presentes no córtex da fibra capilar são quebradas, causando também a perda de massa", explica Guilherme Andrade, técnico da marca Max Beauty.

Reclamação mais comum: dependendo do processo de alisamento utilizado, algumas mulheres reclamam de ressecamento excessivo, enquanto outras afirmam que os fios se tornam mais oleosos depois do processo químico.

Solução: "Ao retocar o alisamento, deve-se evitar ao máximo repassar o produto nos fios que já foram alisados anteriormente. Hidratações e tratamentos complementares para repor os nutrientes perdidos pelo processo químico são essenciais", diz o hairstylist Henry Hansen, do HBD Spa, do Rio de Janeiro.

COLORIDO

Aparência: cabelos submetidos a processos químicos como a coloração ficam mais opacos, porosos e não conseguem manter a cor artificial por muito tempo. ]

Reclamação mais comum: o cabelo desbota já nos primeiros dias após a aplicação da tintura. As loiras sofrem com um problema extra: a mudança de cor (ora ficam amarelados, ora ficam esverdeados).

Solução: aposente os produtos "comuns". Só é possível proteger a cor dos fios apostando naqueles específicos para cabelos coloridos, que preservam os pigmentos artificiais e protegem os fios da oxidação. "A melhor forma de evitar danos à cor é usar diariamente um finalizador sem enxágue com proteção solar", afirma a hairstylist Neiva Pena, de São Paulo. Caso seu cabelo já apresente mudanças de cor, como aquele esverdeado característico que atinge as loiras que tiveram contato com a água da piscina, a profissional aconselha lavar os fios com leite, que neutraliza o efeito e ajuda a recuperar o cabelo.

DANIFICADO

Aparência: submetidos ao excesso de escova e chapinha e aos constantes processos químicos, os fios ficam rebeldes e desvitalizados, perdendo o brilho natural.

Reclamação mais comum: cabelo sem vida, ou seja, com pouco ou nenhum brilho, além de apresentar níveis altos de ressecamento e frizz.

Solução: para que o cabelo não acorde rebelde pela manhã, Neiva Pena aconselha fazer uma trança frouxa antes de dormir. "De quebra, o cabelo ganha um formato ondulado, que é a grande tendência", completa a profissional.

ENVELHECIDO

Aparência: a ação do tempo e a queda de hormônios femininos desencadeiam o processo de perda de massa. O resultado: cabelo ralo, fino e quebradiço.

Reclamação mais comum: os fios ficam mais fracos do que de costume, o que leva à quebra.

Solução: procure produtos e tratamentos à base de queratina e proteína, que devem ser usados a cada dez dias pelo menos. "Além da hidratação e da reconstrução, o uso de finalizadores é ideal para domar esse tipo de cabelo e controlar o frizz", fala Neiva.

Fonte: MdeMulher