23/01/2010

LINGUAGEM DOS CABELEREIROS

ALISAMENTO. Ato de tornar lisos cabelos naturalmente crespos ou ondulados. O mesmo que desfrisagem

ALISAMENTO JAPONÊS. Alisamento e modelagem duradoura do cabelo. O tempo de duração é de seis a oito meses.

“ASTRONG”. Produção de mechas de diferentes tons em porções de cabelo mais volumosos do que a mecha tradicional.

“BABY-LISS”. Produção de cachos artificiais. Ao lavar, o cabelo volta ao normal.

BALAIAGE. Tingimento que produz o efeito de tom sobre tom. É feita com tinta usada no tingimento comum ou com descoloração.

“BOB”. Pequeno tubo cilíndrico usado para enrolar o cabelo, de modo a produzir efeito de ondulação.

BRILHO. Descoloração de mechas finas de cabelo, produzindo tom claro sobre tom escuro. O mesmo que luzes.

BUCLES. Tipo de enrolamento em que o cabelo é enrolado no dedo, formando rolinhos. Denominação atual do antigo “mis-én-plus”.

CARACOL. Forma de enrolamento em que as mechas de cabelo são enroscadas como caracol e presas com grampo.

CHAPINHA. Alisamento quente para tirar a ondulação do cabelo e unificar as pontas. O mesmo que prancha ou piastra.

DECAPAGEM. Retirada, com produto próprio, da pigmentação artificial do cabelo.

“DÉGRADÉE”. Tipo de corte em que o cabelo apresenta diferentes comprimentos, ficando mais curto na parte de cima da cabeça e mais comprido para baixo. O mesmo que camadas ou Pigmalião.

DESCOLORAÇÃO. Ato de retirar pigmentação artificial de modo a igualar a cor antes de fazer novo tingimento.

DESFRISAGEM. Ato de tornar lisos cabelos naturalmente crespos ou ondulados. O mesmo que alisamento.

ESCOVA. Modelagem do cabelo, alisando-o ou encrespando-o. Uso de secador e escova cilíndrica.
HIDRATAÇÃO. Uso de produto próprio para tornar normal o cabelo ressecado, com o auxílio de touca térmica. O mesmo que massagem. Ocorrem dois tipos de variação: a HIDRATAÇÃO A VAPOR, que amplia a ação da hidratação comum, por unificar as pontas; a HIDRATAÇÃO PROFUNDA, em que são usados dois tipos de produto: o primeiro, para abrir os poros do cabelo; o segundo, para unificar e dar brilho.

LÁPIS COLORIDO. Tipo de retoque feito ao redor do rosto, na raiz do cabelo, para colorir cabelos grisalhos. O retoque sai na lavagem do cabelo.

LUZES. Descoloração de mechas finas de cabelo, produzindo tom claro sobre tom escuro. O mesmo que brilho.

MASSAGEM. Uso de produto próprio para tornar normal o cabelo ressecado, com auxílio de touca térmica. O mesmo que hidratação. Apresenta a variação MASSAGEM COLORIDA, que consiste na hidratação do cabelo e na eliminação de pontas queimadas ou danificadas.

MECHA. Clareamento de porções largas de cabelo. Essas porções podem ser divididas usando touca de borracha ou de silicone, papel alumínio e o cabo do pente.

PENTEADO. Arrumação do cabelo. O PENTEADO ARTÍSTICO apresenta diferentes recursos e enfeites no acabamento.

PERMANENTE. Ato de encrespar cabelos lisos, produzir cachos. O mesmo que volumode. Apresenta as variações PERMANENTE AFRO, que consiste em encrespar cabelos naturalmente crespos, e PERMANENTE TINTURADO, que tinge o cabelo e aumenta o seu volume.

PIGMALIÃO. Tipo de corte em que o cabelo apresenta diferentes comprimentos, ficando mais curto na parte de cima da cabeça e mais comprido para baixo. O mesmo que camadas ou "dégradée".

PRANCHA. Alisamento quente para tirar a ondulação do cabelo e unificar as pontas. O mesmo que chapinha ou piastra.

REFLEXO.
Clareamento de mechas finas de cabelo, produzindo tom claro sobre tom escuro.

RELAXAMENTO. Alongamento de cabelos crespos, trabalhando desde a raiz.

RINSAGEM. Aplicação de produto próprio, diferente de tinta, para colorir cabelos grisalhos ou bem descolorados. Menos duradoura que a tintura.

"SPRAY" COLORIDO. Produção de efeito provisório de tom sobre tom. O produto sai ao lavar o cabelo.

TINTURA. Coloração. Mudança da cor do cabelo, com produto à base de oxidante, em geral amônia, que penetra nas escamas do cabelo.

TOUCA. Ato de rodear o cabelo na cabeça, com o auxílio de pente e de pinças ou grampos, de modo a torná-lo flexível. Apresenta a variação TOUCA DE GESSO, que amplia a ação da touca comum, por também alongar cabelos crespos; depois de feita a touca, é aplicado o pó de gesso.

TRANÇA. Tipo de penteado em que é feito o cruzamento das mechas divididas no cabelo. Apresenta as variações: TRANÇA NORMAL, com o cruzamento das mechas feito de dentro para fora, e TRANÇA EMBUTIDA, com o cruzamento de fora para dentro.

LEAVE IN. São condicionadores sem enxágüe. Por terem um conteúdo lipídico menor são mais leves e evitam o aspecto de cabelo engordurado (se a aplicação não for exagerada, logicamente)

PRODUTOS PARA DAR CORPO OU VOLUME. São produtos que possuem agentes químicos que retém água no cabelo, deixando-o hidratado e intumescido (“inchado”), o que confere uma sensação de mais volume ao fio.

PRODUTOS PARA DAR BRILHO. São produtos capazes de deixar a cutícula capilar (que são células achatadas, que se dispõe como “telhas de casa” sobre o fio capilar, protegendo-o) mais plana, assim, quanto mais plana estiverem, mais luz será refletida. É como olhar-se em um rio, se as águas estiverem paradas ele refletirá a sua imagem perfeitamente, já se uma brisa mover essas águas, não será mais possível ver o reflexo da luz.

XAMPU ANTI-RESÍDUO (ou Clarifying). São xampus que contem basicamente os detergentes/agentes de limpeza. Eles permitem a limpeza do fio sem deixar resíduos. É indicado para pessoas que tenham o costume de usar condicionadores sem enxágüe, spray fixador, ceras, géis e etc. Eles apresentam um pH a cima de 7 (alcalino) que provoca a abertura da cutícula. Isso possibilita uma limpeza maior. Mas é importante lembrar que esse tipo de xampu pode dar um aspecto de ressecado ao cabelo, por isso é importante a aplicação de um bom creme hidratante após o seu uso.

CERAS E POMADAS. São produtos à base de ceras capazes de resolver o problema dos cabelos arrepiados (ou “do frizz”). Eles ajudam também a moldar alguns penteados e aumentar o tempo de duração desses.