10/01/2010

CABELO EMBARAÇADO

Eles deslizam ou ficam presos no momento que você passa os dedos nas madeixas?

Muitas mulheres nem gosta de responder essa pergunta, principalmente se ficam preso. Mas saiba que cabelo embaraçado é comum, mas não podemos dizer que seja legal quase quebrar o pente todas as manhãs. A só tem um jeito pentear os fios molhados durante o banho para evitar que eles se quebrem, e com pentes largos de preferência claro!

Eles embaraçam porque eles ficam ressecados pela ação de elementos como sol, vento, água do mar, piscina, além da poluição encontrada nas grandes cidades, devido essas ações os fios perdem a umidade natural, tornando-se ressecados, quebradiços e com pontas duplas.

Outras causas os cabelos tem cargas elétricas. Diante de uma agressão mecânica, provocada por escova, pente ou até na hora de lavar, ou química , tintura, alisamento, escova progressiva, descoloração, elas se desequilibram e deixam os fios emaranhados.

Um dos remédios para esse problema combater a desidratação de uma vez. Além de hidratações profundas, choque de queratina pode ser uma opção porque recuperam a fibra capilar. Mas saiba que existem casos somente se resolverá com um bom corte.

Após esse tratamento, é preciso fazer manutenção com bons cremes, evite água muito quente quando for lavar, e use um pouco de silicone nas pontas. Cabelos com tratamentos químicos e danificados químicos são mais sujeitos ao embaraçamento, fique atenta.

E se estiver tempo para ir num salão e precisa deles lindos, use os cremes desembaraçantes. Eles hidratam os fios instantaneamente e facilitam o penteado, mas só resolvem o problema naquele momento, lembre-se quando eles secam vai embora a hidratação.

Você pode passar um creme específico para pentear, aqueça os fios (com touca térmica ou toalha quente) por alguns minutos e desembarace mechas finas com um pente de madeira de dentes largos.

Use sempre condicionador ou de uma boa máscara hidratante, pois eles ajudam a estabilizar as cargas elétricas; nunca durma com os fios molhados e muito menos sem desembaraçá-los; quando sair ao vento ou for à praia, prenda um rabo-de-cavalo com elástico firme, porém revestido, para não quebrar os fios.
(Formosa Portal)