13/01/10

DOENÇAS DO FIO DE CABELO E DO COURO CABELUDO

Principais doenças do fio de cabelo e do coro cabeludo:

Dermatite Seborreica - doença não contagiosa, mas crônica, que ocorre em áreas de maior concentração de glândulas sebáceas (que produzem oleosidade). Os sintomas são descamação e vermelhidão discreta da área afetada, que fica irritada e coçando. A doença também pode aparecer na barba, na sombrancelha e nos cílios. O tratamento para esta doença consiste no uso de shampoos anti-seborréicos à base das seguintes substâncias: coaltar, ácido salicílico, piritionato de zinco ou sulfeto de selênio.

Caspa - ocorre em função da morte das células da superfície da epiderme (camada mais externa da pele). O sugirmento da caspa ocorre devido a renovação muito rápida dessas células, que acaba provocando uma queratinização imperfeita. As secreções da glândula sebácea e os restos de células se misturam a microorganismos, que são os germes que se alimentam do sebo, formado substâncias que irritam o couro cabeludo e causam coceira.

Alopécia - é a ausência total ou parcial dos cabelos, sendo que sua forma mais característica é a calvície.

Tricoptilose - rompimento na ponta do pêlo, dividindo em duas ou mais pontas. A causa é o uso excessivo de produtos químicos. O tratamento consiste na utilização de cosméticos de boa qualidade, que pode ser indicado pelo cabeleireiro. Também conhecido como "ponta dupla".

Trichonodosis - presença de nó no fio do cabelo, ocasionando fratura nas hastes. O tratamento consiste na utilização de cosméticos de boa qualidade, que pode ser indicado pelo cabeleireiro.

Tínea Capitis - tipo de micose contagiosa, produzida por parasita do tipo fungo. Essa infecção é mais comum em crianças. O tratamento é feito com antimicóticos e antibióticos de uso local.

Eczema ou Dermatite - sensação de coceira, seguida por inchaço.

Pitiríase Versicolor - tipo de micose contagiosa, caracterizada por escamações no couro cabeludo e manchas que se iniciam no pescoço e espalham-se até o tronco. As manchas podem ser claras, escuras ou avermelhadas. O tratamento é feito com antimicóticos e antibiótico de uso local.

Pediculose - é uma infestação produzida por um parasita - o piolho. Seu sintoma mais comum é coceira intensa no couro cabeludo e na base da nuca. O tratamento é feito com produtos parasitoriários de ação local.

Foliculite - infecção do folículo piloso causada por bactérias. Seus sintomas podem ser superficiais (pústulas que não comprometem o pêlo) ou podem ser profundos (caracterizado por nódulos que deixam cicatrizes). Tratamento feito com o uso de antibiótico receitado por um profissional da área de saúde.