29/11/2009

ESCOVA PROGRESSIVA DE AMINOÁCIDOS


O aminoácido é outra substância que toma o lugar do formol na escova progressiva, fortalecendo as fibras dos fios.

Após a aplicação é permitido que os cabelos sejam lavados no mesmo dia da aplicação do produto, pondo fim às coceiras e à oleosidade que a falta de água provoca.

O segredo está no choque térmico. "Primeiro, passamos o produto nos cabelos. Em seguida, a escova e a chapinha. Depois, os fios são lavados com água bem gelada e, para finalizar, é só secar os cabelos da forma preferida.

O resultado final são cabelos mais lisos, mais macios e brilhantes.

Para prolongar o efeito, é recomendado uma hidratação caseira semanal.
Usar xampu sem sal (normalmente, os de uso profissional são os únicos livres do composto), não abusar da água de piscina e de mar também ajudam a manter os efeitos do método, que precisa ser retocado de dois em dois meses.

A fórmula à base de aminoácidos não tem restrições.
Peça a sua!
Contato:
lookchique@gmail.com

ESCOVA PROGRESSIVA ÓLEOS ESSENCIAIS


A escova de óleos essenciais conta com nove tipos de óleos: coco, semente de girassol, amendoim, rícino, jojoba, sésamo, extrato de aloe Vera, amêndoa doce e babosa, além de queratina.

Para todos os tipos de cabelos.

O produto e aplicado da raiz às pontas e tira o volume dos cabelos, além de repor a umidade dos fios crespos e ondulados, que ganham cachos e ondas definidos.

Os cabelos podem ser lavados no dia seguinte e o resultado tem a duração de três meses, em média.

Para reaver o resultado, e só retocar.

Tire sua dúvidas e peça já a sua!

Contato: lookchique@gmail.com

TIOGLICOLATO E HIDRÓXIDO DE SÓDIO NÃO SE TOLERAM

Conhecer os componentes é essencial para descobrir o que cada um faz pelo cabelo.

Tioglicolato e Hidróxido de Sódio não se toleram.
Portanto, quando já se aplicou alguma vez uma dessas substâncias, não se deve substituí-la pela outra até que todo o cabelo alisado seja cortado.

Vale ressaltar que ativos à base de metais não são compatíveis com outras químicas e o uso indevido pode partir as madeixas ou causar sua queda.

Um exemplo é o henê, que leva chumbo na composição. "Se usou henê e quer mudar de alisante, o mais indicado é esperar o cabelo crescer e ir cortando até que todo o produto seja eliminado. Escolhida a nova química, faz-se o teste de mechas".

TIOGLICOLATO DE AMÔNIO

É um princípio ativo usado para amolecer a fibra capilar, promover a quebra das pontes de cistina e, com isso, deixar o fio maleável, para ser moldado como se desejar. Segundo Wagner, o tioglicolato ficou muito tempo sem passar por atualizações até que nos últimos três anos ganhou uma série de derivados, como o tiolactato de amônio e a monoetanolamina.
O tiolactato é a amônia enriquecida com proteínas do leite, que evitam o ressecamento e a perda da oleosidade natural durante procedimentos químicos com ou sem uso de calor. A monoetanolamina só pode ser aplicada em processos de baixo teor químico que necessitam de aquecimento, mas também é encontrada em colorações para cabelo relaxado.

HIDRÓXIDOS

Agem na abertura das cutículas do cabelo, penetrando no córtex e transformando as ligações dissulfídicas da cistina em ligações de lantionina. Os hidróxidos são compatíveis entre si e incompatíveis com qualquer outra substância. O hidróxido de sódio tem ação rápida, com maior poder de alisamento, mas é bem agressivo. Já o hidróxido de cálcio foi criado para couro cabeludo sensível e para fios finos. Seu poder de alisamento é moderado. Por sua vez, o hidróxido de guanidina é considerado a evolução do cálcio. Tem maior efeito alisante ou de relaxamento e reconstrói a fibra. O hidróxido de lítio tem ação forte da mesma forma que o de sódio, porém age mais lentamente.

O VELHO FORMOL É A ÚNICA QUÍMICA QUE TOLERA TODAS AS QUÍMICAS, ANTES E APÓS APLICAÇÃO.

28/11/2009

ESCOVA INTELIGENTE SEM SEGREDOS

-O que é exatamente a Escova Inteligente?

Dá-se o nome de Escova Inteligente ao procedimento de aplicação de um produto altamente reconstrutor e umectante, à base de queratina hidrolisada e polímeros de silicone, que são ativados e moldados através da ação mecânica de um secador e de uma prancha à temperatura máxima de 180º.

-O que a Escova Inteligente faz pelo cabelo?

Tratamento intenso e profundo, hidratação, reconstrução da fibra capilar, brilho, sedosidade, resistência.

-Como a Escova Inteligente consegue tudo isso com um só produto?

Por ter elementos essenciais à boa saúde da fibra capilar e por combinar a ação mecânica do secador e da prancha na aplicação, a reconstrução é profunda e o efeito do tratamento é duradouro.

-Do que é composta a Escova Inteligente?

Queratina hidrolisada, aminoácidos diversos, polímeros de silicone, vitaminas e elementos emolientes e condicionantes, são os componentes do produto que é aplicado nos cabelos, ao início do processo da Escova Inteligente.

-Qualquer pessoa pode fazer a Escova Inteligente?

Sim, absolutamente qualquer pessoa, com qualquer tipo de cabelo.
A diferença é o resultado que cada tipo de cabelo irá obter.
Se você tem cabelo cacheado ou crespo e pretende alisar, não é com a Inteligente que conseguirá. Pelo menos não com a sem formol. (Existe a com formol também).
Cabelos descoloridos, ressecados, quebrados, partidos, com pontas duplas, elásticos e tingidos são os que mais se beneficiam com a Escova Inteligente. Em cabelos virgens o efeito é unicamente de tratamento.

-É verdade que a Escova Inteligente trata mais que alisa?

Sim, é verdade. Ela trata, hidrata, reconstrói, tira volume. O efeito liso depende de três fatores em conjunto:
1) qual é a estrutura do seu cabelo.
2) a habilidade de quem aplica o produto.
3) a manutenção pós-procedimento.

-Tem algum procedimento especial pré-Escova Inteligente?

Não.

-Posso aplicar a Escova Inteligente sozinha?
Se você tiver uma escoava e uma prancha sim.
Caso contrário, é melhor que outra pessoa aplique pra você. Não precisa necessariamente ser um profissional, mas tem que ser alguém capaz de fazer uma escova bem feita.

-Tenho cabelos cacheados e só quero hidratar e definir meus cachos. Posso fazer Escova Inteligente sem medo de desfazer meus cachos?

Sim. Nesse caso a aplicação é diferenciada. Usa-se a prancha
menos vezes e a lavagem é feita, preferencialmente, no mesmo dia.



IMPORTANTÍSSIMO !!!

O TIOGLICOLATO, usado na Escova Inteligente e em outras é um pouco perigoso pra quem não o conhece, pois pode causar queda do cabelo, o que não acontece com o formol, pois é compatível com todas as químicas.
Quando se usa o TIOGLICOLATO, não pode usar outra química, pois pode causar queda no cabelo.
Quando se faz a progressiva com formol, pode usar a química que desejar antes e depois.
Pense bem !

24/11/2009

RESULTADOS DA ESCOVA PROGRESSIVA

RESULTADOS DA ESCOVA PROGRESSIVA NA PRIMEIRA APLICAÇÃO!

Cabelos Naturais e Cacheados:

O resultado é um cabelo mais liso, com muito mais brilho e maciez.

Cabelos Frizados e Extremamente Crespos:

Após o tratamento, o cabelo torna-se 50% mais liso, macio e hidratado.

Cabelos Tintos, com Mechas, Luzes e Crespos:

Por estarem com grande quantidade de química, são cabelos mais indicados para o tratamento, pois se encontram com as cutículas abertas facilitando a penetração do produto, tornando-se muito mais lisos. Resultado 80% satisfatória já na primeira aplicação.

ESCOVA MARROQUINA OU PROGRESSIVA ?

Uma moda que vem fazendo a cabeça das mulheres é o alisamento dos cabelos, e as técnicas mais usadas são: Escova Progressiva e a Marroquina.

A diferença entre as duas é que a Progressiva contém uma concentração maior de formol do que a Marroquina.

A Escova Progressiva é um processo que vai saindo de acordo com a freqüência que se lava o cabelo, e dura entre um ou três meses, depende do tipo de cabelo.

Depois do procecesso é necessário ficar pelo menos 3 dias sem lavar o cabelo, prender, ou colocá-lo atrás das orelhas, caso contrário a química sai com a lavagem ou o cabelo fica marcado depois de preso.

Já a Escova Marroquina possui menor concentração de formol e pode o cabelo ser lavado, além de ser um processo mais rápido do que a progressiva e a variação de preço está na mesma faixa para ambas as técnicas.

Qualquer técnica de escova, em termos de duração e resultados, depende do tipo de cabelo e do número de lavadas.

Alguns tipos de cabelos só vão ter um resultado satisfatório, à partir da segunda ou terceira aplicação.

As escovas prometem milagres, mas a verdade no fim prevalece!

23/11/2009

TRUQUES DA ESCOVA PROGRESSIVA

Quais os truques para manter a escova progressiva?

Antes da escova progressiva

- Se você costuma tingir os cabelos e vai se submeter a escova progressiva, atente para pintá-los antes ou pelo menos 15 dias após ter feito o procedimento.

"A tintura também interfere na escova e abre as cutículas dos fios. Por isso, sempre recomendo que os cabelos sejam tingidos antes".

- Saiba também que a escova progressiva não alisa de forma chapada cabelos muito cacheados.

- A escova também pode ser aplicada em cabelos lisos. Nesse caso, a técnica dá o efeito "chapinha".

- A escova progressiva dura de 30 a 40 lavagens ou cerca de 3 meses.

Para lavar os cabelos

- Em casa, use xampu com PH neutro, sem sal e sem corante. Outra opção são os xampus para crianças, quando o produto utilizado na escova tiver pequena quantidade de formol.

"O xampu comum abre a cutícula do cabelo. Se não usar o de PH neutro, o produto vai abrir as escamas dos fios e 50% do procedimento da escova será perdido".

- Quando o produto utilizado na escova for livre de formol, use xampus para cabelos com química ou relaxamento. Procure seguir a mesma linha de tratamento quando for escolher o condicionador.

Na hora de secar os cabelos

- Se for secar os cabelos com secador, não se esqueça de proteger os fios com um creme leave-in (sem enxagüe) com proteção térmica. Isso evita que as escamas dos fios se abram e o produto da escova progressiva seja retirado.

Não use

- Fique longe de xampus anti-resíduo ou de limpeza profunda. Isso fará com que a química da escova seja retirada dos fios, ou seja, todo o trabalho e o dinheiro investido no tratamento vão, literalmente, embora pelo ralo.

- Esqueça os xampus para cabelos secos, danificados ou anti-frizz. A fórmula desses produtos também interfere na escova.

"Não use qualquer tipo de xampu ou condicionar, pois o produto pode ocasionar excesso de oleosidade".

- Cremes leave-in não são recomendados. "Na primeira semana, fique longe desse tipo de creme e do gel, porque eles podem deixar os cabelos com aspecto muito pesado".

CABELO E PRODUTOS NÃO COMPATÍVEIS

Não utilizar sobre cabelos que tenham sido defrizados com produtos à base de: Hidróxido de Sódio(Soda) , Hidróxido de Potássio (Potassa), Hidróxido de Lítio (Litina) ou Carbonato de Guanidina.

Não usar em cabelos descoloridos, quebradiços ou com uma coloração à base de Hena ou sais metálicos e Henê, você pode ficar CARECA!!!
Não é exagero!!!
Estes produtos não são compatíveis!!!

22/11/2009

SEJA LOIRA, MORENA, RUIVA OU NEGRA...MUDE O VISUAL

QUEM NUNCA SONHOU COM OS CABELOS LISINHOS ?


MUDE A COR DOS SEUS CABELOS, FAÇA A SUA ESCOVA PROGRESSIVA POR COMPLETO E MUDE O SEU VISUAL!


TIRE SUAS DÚVIDAS E ESCOLHA UMA DE NOSSAS ESCOVAS!

CONTATO: lookchique@gmail.com

21/11/2009

COMO ELIMINAR AS PONTAS DUPLAS DO CABELO ?

Toda mulher conhece bem o problema das pontas duplas.

Praticamente invisíveis a olho nu, estes fios "quebradiços" aumentam o volume do cabelo, além de deixá-lo sem vida.


Outra consequência das pontas duplas é que os fios não crescem na velocidade que deveriam.


As causas para os fios se dividirem podem ser muitas, entre elas ressecamento, poluição do ar, o calor, o sal do mar e tratamentos químicos contribuem para que o cabelo enfraqueça. Descubra a seguir algumas dicas para manter seu cabelo livre das pontas duplas.

PASSOS :

1-O único jeito de eliminar as pontas duplas é cortar os fios danificados. Assim, umedeça o cabelo e com o auxílio de um pente fino divida os fios ao meio a partir da testa.

2-Junte duas mechas finas (uma de cada lado) e corte as pontinhas. Lembre-se de usar uma tesoura bem pequena para evitar estragos.

3-Repita o processo com os fios de trás, sempre picotando o mínimo possível. Mas, isto não elimina aquele corte no cabeleireiro.

4-Lave os cabelos com calma para tirar todos os resíduos de shampoo e condicionador.

5-Faça uma hidratação a cada 15 dias. O ideal é comparecer à cabeleireira semana sim semana não. Mas, se a grana estiver curta ou o tempo escasso faça em casa com aqueles cremes encontrados em perfumarias. Mesmo não tendo o mesmo resultado, a medida aumenta a resistência do cabelo.

6-Reduza o tempo de secador quente e da chapinha. Estes dois itens indispensáveis para qualquer mulher que detesta os cachos devem ser evitado. E lembre-se: antes de usar a chapinha ou o secador passe silicone nas pontas.

7-Use sempre um pente largo e com dentes de madeira. As cerdas naturais prejudicam menos os fios.

8-Desembarace os cabelos com calma, começando sempre pelas pontas.

VÁRIOS TIPOS DE CABELOS E SEUS CUIDADOS

Cada cabelo é uma sentença!

cada tipo de cabelo necessita um cuidado especial para que a vitalidade permaneça e o brilho não desapareça,parece até frase rimada porem é a mais pura realidade .

Oleosos, crespos, com coloração,ressecado … Não importa! Sabendo quais cuidados tomar no dia a dia qualquer tipo de cabelo ganha brilho e viço e fica maravilhoso !!!

Cuidados com os cabelos tingidos:

Eles precisam de mais cuidados por causa da química. Leave-in com proteção solar é obrigatório! Chapinha ou baby liss, só junto com produtos que tenham proteção térmica. Na verdade, a maioria das tintas profissionais de boa qualidade fazem bem aos cabelos. Elas tratam e dão brilho. ‘O que não pode é trocar de cor toda hora sem esperar o tempo necessário que os fios precisam para se recuperar’

Como cuidar dos cabelos Mistos :

Cabelo misto tem raiz oleosa e pontas secas. Prefira xampus específicos e use condicionador apenas no comprimento. A higienização deve ser concentrada na raiz e o tratamento, nas pontas. Aplique spray (ou mousse) de volume na raiz, para desgrudar os fios da cabeça e equilibrar o aspecto ‘triângulo’. Serum é uma ótima opção para o frizz das pontas. A super-dica para este tipo de cabelo é ter sempre à mão um xampu-seco, que disfarça a oleosidade.

Como cuidar dos cabelos crespos :

Têm fios extremamente frágeis, com menor resistência e maior elasticidade. Por isso, exigem muitos cuidados e precisam de bastante proteção e hidratação. Alterne os dias de lavar e use xampu hidratante, condicionador nas pont’s e nunca se esqueça do leave-in, em creme ou spray! Só não pode exagerar. ‘O excesso de produtos pode causar queda e caspa, além de dar um aspecto emplastrado’.

Como cuidar corretamente dos cabelos secos e muito ressecados:

Geralmente são opacos e têm fios com escamas bem abertas, o que facilita a entrada de impurezas e impede que o fio brilhe. Para recuperar os fios, lave-os com xampus hidratantes, que limpam sem ressecar. Aplique condicionador e leave-in, que devolvem a umidade natural que o fio perdeu ao longo do tempo. Máscaras hidratantes de boa qualidade sempre, duas vezes por semana é fundamental, ajudam no tratamento dos fios danificados.evite calor ,secador,chapinha e outros durante o tratamento de recuperação.

Como cuidar corretamente dos cabelos cacheados:

Tem cachos? Então precisa de um ritual especial de lavagem. De preferência, alterne os dias para preservar a umidade dos fios. Hidratação é superimportante para esse tipo de cabelo, que tem fios frágeis e secos. Por isso, prefira os xampus hidratantes. Máscaras de hidratação também são ótimas aliadas para os cacheados. Leave-in sempre apos a lavar os cabelos, de preferência com ativador de cachos, garante a definição das ondas. ‘Prefira secá-los ao natural ou com difusor usando o ultimo jato frio para soltar o brilho, que não tira o efeito natural.

Como cuidar corretamente dos cabelos relaxados e alisados :

Se o cabelo recebeu química para relaxar ou alisar, ele precisa de cuidados superespeciais. Evitar a lavagem diária é uma forma de preservar a oleosidade natural dos fios. Xampu para cabelos relaxados, condicionador e leave-in com proteção solar sempre! Tratamentos como hidratação, cauterização e umectação são boas pedidas para devolver algumas características naturais do fio. E lembre-se de proteger seus cabelos antes de se expor ao sol, praia e piscina.’

Como cuidar corretamente dos cabelos oleosos:

Raiz muito oleosa tem de ser lavada diariamente. Máscaras aplicadas diretamente no couro cabeludo são ótima opção para aplacar o óleo. A forma de secar também ajuda a dar volume. Geralmente, os oleosos são finos e com pouca quantidade. ‘Seque-os com movimentos de baixo para cima ou de trás para a frente desgrudando os fios da cabeça’, passar as mãos nos cabelos depois de secos ,são expressamente proibidas porque aumentam a oleosidade.

CABELO PROVOCA INVEJA ENTRE AS MULHERES

ESTUDO REVELA QUE MULHERES INVEJAM CABELOS

Estudo revela que mulheres invejam cabelos
Um cabelo bonito, saudável e que inspire confiança é dos maiores desejos femininos em qualquer parte do mundo.
Em parceria com a Strategy One, Dove desenvolveu uma pesquisa a nível mundial, o “Not Just a Bad Hair Day: Hair, Beauty and Damage – A Dove Global Report”.

Este estudo, realizado com o principal intuito de analisar qual a influência do cabelo na vida emocional e social de uma mulher, abrange 3.312 mulheres de 11 países, com idades compreendidas entre os 18 e 64 anos.

A preocupação de Dove foi, em primeiro lugar, perceber qual o verdadeiro impacto que o cabelo tem na auto-imagem das mulheres e responder a uma série de questões que as inquietam: O que causa um cabelo estragado e sem vida? O meu cabelo influencia a forma como os outros me percepcionam? Sinto-me mais confiante com um cabelo saudável e bonito?

68% das mulheres, com maior preponderância nas camadas mais jovens, afirma que para ser vista como uma mulher bonita é fundamental ter um cabelo bonito.

67% das respondentes acredita que as mulheres famosas têm sempre cabelos lindos e saudáveis, pelo que 53% admite invejar mulheres com cabelos bonitos.

Ainda assim, 34% das mulheres afirma que não tem cabelos bonitos. Esta crença tem mais impacto nas faixas etárias acima dos 40 anos e também nas alemãs.

O cabelo tem um forte impacto na auto-confiança feminina, 94% confessa que se sente muito bem consigo própria quando alguém tece um elogio sobre o seu cabelo; 91% admite que quando o seu cabelo está bonito, se sente mais confiante ao longo do dia.

No entanto, se não estão satisfeitas com o seu aspecto, sentem-se condicionadas, sendo que 49% afirma sentir-se infeliz, menos espontânea e até mesmo envergonhada.

20/11/2009

CABELO E SUAS CORES

O cabelo (do latim capĭllus) é cada um dos pêlos que crescem no couro cabeludo (parte superior da cabeça do corpo humano). Diferenciam-se dos pêlos comuns pela sua elevadíssima concentração por área de pele e pelo desenvolvimento em comprimento.

Podem ser lisos, crespos, ondulados e de muitas cores:

Loiros

Uma recente pesquisa mostra que os loiros atualmente, representam apenas 2% de pessoas do mundo. Os cabelos loiros podem aparecer em todas as raças, mas a ocorrência mais comum acontece entre os caucasianos, principalmente das regiões da Escandinávia, Rússia, Países Germânicos e Leste Europeu.

Ruivos avermelhados

Os cabelos ruivos podem adquirir uma tonalidade mais avermelhada ou mais alaranjada dependendo da variação. Os cabelos ruivos avermelhados são bastante comuns na Rússia e na Grã-Bretanha.

Ruivos alaranjados

Algo entre o louro e o ruivo avermelhado, o alaranjado é bastante comum nos países britânicos como a Irlanda e o Reino Unido. Podem adquirir um tom mais acastanhado.

Castanhos claros

Os cabelos castanhos claros refletem uma transição entre o louro e o castanho de fato. Podem adquirir reflexos dourados, e são muito comuns na Grã-Bretanha, França e nos países alpinos.

Castanhos escuros

Os cabelos castanhos escuros são muito comuns em toda a Europa, e tem ocorrência em todas as raças. Apresentam uma tonalidade próxima ao marrom.

Pretos ou negros

Comum em todas as raças, especialmente entre as asiáticas e entre os povos provenientes do mediterrâneo, como portugueses, espanhóis, gregos, italianos e árabes.

Grisalhos

Cabelos acinzentados, ou por decorrência da idade, ou pela perda precoce de melanina, que pode ocorrer na adolescência ou até mesmo na infância.

Brancos

Em pessoas idosas ou sob condições anômalas.

Os cabelos não servem só como um aliado estético (dando forma e valorizando o rosto) mas também funcionam como um isolante térmico, protegendo a cabeça das radiações solares e da abrasão mecânica. Também podem ser um indicativo de diversas doenças que se manifestam alterando sua estrutura.

ESCOVA PROGRESSIVA COM FORMOL

Quem tem aquele tipo de cabelo que encrespa ao menor sinal de umidade no ar, "arma" com facilidade e faz com que se percam horas em frente ao espelho, até que os braços doam de tanto manejar o secador, tem na Escova Progressiva de Formol, uma interessante alternativa.

Claro que é bom considerar a hipótese de assumí-los crespos, aprendendo a definir os cachos com os produtos certos, bons silicones, emulsões e gel definidor de cachos... Mas, existem pessoas que não se adaptam mesmo a esta realidade e gostariam muito de ter cabelos menos crespos e mais obedientes...

Ficou conhecida a expressão "Escova Progressiva", que se refere à técnica onde uma solução de formol, misturada à queratina líquida e uma emulsão leave on, é aplicada mecha a mecha, sendo feita, então, uma "escova" tradicional.

É freqüentemente pedido para que não se lave o cabelo, nem se prenda por cerca de três dias, mas na verdade isto não é importante nem necessário, veremos a seguir o motivo...

Os cabelos tornam-se bem mais lisos, pesados, encorpados. Vale a pena frisar que o formol, não é alisante. Ele é sim, um "fortalecedor" do fio, criando uma espécie de "capa" que o envolve, endurecendo a queratina que é um constituinte natural e principal do fio de cabelo.

O fato de o cabelo ficar mais liso é decorrência deste novo calibre mais grosso que o cabelo adquire, que faz com que tenha um "caimento" melhor, já que se torna mais pesado... Como se faz a escova logo em seguida à aplicação, o fio se condiciona melhor a assumir esta forma, esticada, como se tivesse sido passado a ferro, mas assim, permanecesse por mais tempo, mais resistente às variações do clima, da umidade, do amassamento natural, que sofrerá na hora da pessoa deitar-se e mexer nos cabelos...

AS MELHORES ESCOVAS PARA O CABELO

"Cada cabelo possui características únicas. Para atendê-las é necessário escolher o melhor acessório para escovar os fios.

Escova raquete ou quadrada é muito boa para desembaraçar sem danificar cabelos levemente ondulados e longos, e para finalizar a escova.

As com cerdas de javali não agridem e ajudam a distribuir a oleosidade natural, realçando o brilho.

As térmicas, feitas de metal ou revestidas de cerâmica são usadas para melhorar a circulação do ar e agilizam na secagem.

Para cabelos muito longos, o ideal são escovas com um diâmetro maior que 5 cm, com cerdas duras e mistas que proporcionam um liso perfeito".

PENSE, REPENSE E ALISE

Objeto de desejo da maioria das mulheres, o cabelo liso passou a ser possível até para aquelas que nasceram com as madeixas encaracoladas. Atualmente, existem vários procedimentos que prometem esticar os fios: escova progressiva, inteligente, de chocolate, definitiva, relaxamento térmico, entre outras. Apesar das diferentes denominações, todas têm o mesmo objetivo: deixar os cabelos lisos, bem lisos e tratados.

As escovas progressiva são indicadas para tirar o volume e soltar os cachos.
Levam formol na composição, em concentração permitida pela Agência Nacional de Saúde (Anvisa) que é exatamente 2% e devemos respeitar essa porcentagem.
O efeito vai saindo com a "lavagem" e dura em média 3 meses.

O benefício das escovas progressiva é que deixam o cabelo liso e com aspecto saudável, pois os produtos, à base de proteínas, tratam o cabelo, enquanto o formol sela as escamas. A escova de chocolate é igual a progressiva, mas com essência. "Não leva chocolate na composição", desmistifica.

Após um processo de alisamento, embora as madeixas apresentem aspecto de bem-tratadas, a hidratação é fundamental para manutenção dos fios.

Hoje não é mais necessário se pagar fortunas para se ter um cabelo liso!
Basta ter o produto, um secador de cabelos, uma chapinha e mãos à obras!
Pense, repense e alise!

19/11/2009

DESEMBARAÇO

O embaraçamento talvez seja o mais grave efeito da eletrização dos cabelos. É um círculo vicioso de dor e aflição.
Ao desenbaraçar muitos fios são arrancados pela raiz ou arrebentados ao meio, quando perdem sua elasticidade natural e formam pontas arrepiadas.
O corte dessas pontas os torna menos embaraçáveis. E o contato com a água descarrega sua eletricidade.

Raros são os pentes que não formam eletricidade estática ao pentear. Essa eletricidade atrai partículas de poluição do ar que dificultam a livre transpiração e evaporação dos fluídos naturais dos cabelos, empastando os fios. Isso cria a necessidade de lavagens freqüentes com produtos químicos muitoas vezes agressivos, tornando os cabelos quebradiços e embaraçáveis.

Os melhores pentes para qualquer tipo de cabelos são os de madeira, mas não basta o pente ser de madeira: ele tem de ser bem feito.

As arestas tem que ser aparadas e seus dentes lixados um a um, alisados e polidos, evitando a formação de futuras rebarbas. Sinta suas pontas macias, que massageiam o couro cabeludo. Ouça o som que ele faz ao pentear.

ALGUNS FATORES PARA UM CABELO SAUDÁVEL

Há quatro fatores que são muito importantes para um cabelo saudável: brilho, eletricidade estática, força e exposição solar.

BRILHO

Cabelo brilhante sempre foi comparado com cabelo saudável, mesmo que a saúde de um folículo capilar não possa ser determinada devido a sua localização dentro do couro cabeludo. Esse brilho é devido à luz refletida por uma superfície lisa. Se as cutículas estão abertas, em conseqüência das agressões citadas acima, os fios não retêm água nem proteínas e a superfície do fio de cabelo fica porosa, não refletindo a luz.

Condicionadores contento agentes que formam uma película sobre o fio podem aumentar o brilho dos cabelos e ajudar as camadas de cutículas a cobrirem o eixo dos cabelos dando uma aparência mais lisa ao cabelo.

ELETRICIDADE ESTÁTICA

Pentear ou escovar o cabelo faz com que os fios se tornem carregados negativamente, criando eletricidade estática e deixando os fios arrepiados. Cabelos finos são mais suscetíveis à eletricidade estática que os cabelos mais grossos devido à maior área de superfície da cutícula. Os condicionadores que contêm amônia quaternária podem reduzir a eletricidade estática por produzirem uma carga positiva nos fios, neutralizando a eletricidade estática.

FORÇA

Condicionadores com ingredientes como proteínas hidrolisadas ou keratina capilar humana hidrolisada, que possuem um baixo peso molecular, ajudam a aumentar a força dos cabelos. Elas penetram facilmente nos fios, nutrindo-os.

Estas proteínas também podem ser usadas para as "pontas duplas". As "pontas duplas" ocorrem depois que a cutícula protetora foi desnudada das fibras do cabelo em conseqüência de substância química ou trauma físico, mas também pode ser um resultado de escovação vigorosa. Enquanto não há nenhum meio de reverter as "pontas duplas", aparar as pontas a cada 2 ou 3 meses e tratamentos de condicionamento profundo ajudam a manter os fios flexíveis e com boa aparência.

EXPOSIÇÃO SOLAR

A exposição aos raios UV pode induzir a oxidação das moléculas de enxofre dentro do eixo capilar, que são importantes para a força dos cabelos. Quando ocorre essa oxidação, os cabelos de tornam quebradiços, ressecados e ásperos.

Os cabelos descoloridos ou com luzes podem também apresentar pequenas mudanças de cor quando expostos aos raios UV. O cabelo loiro pode desenvolver um "fotodescoloramento", deixando-os amarelados. Até mesmo os cabelos castanhos podem mudar de cor, tendem a desenvolver uma coloração avermelhada devido à oxidação dos pigmentos de melanina.

Para proteger seus cabelos dos danos causados pelos raios solares, procure usar condicionadores "leave-in" que contenham óxido nítrico. Outra proteção são os bonés e chapéus feitos de materiais sólidos.

LOIRA OU MORENA ?


LOIRA OU MORENA ?

Tudo o que você deve saber antes de clarear ou escurecer os fios e ficar linda.

CABELEIRA ILUMINADA

:: Nunca clareie mais do que dois tons de cada vez.
:: Se estiver com a pele muito morena, fuja dos dourados, prefira os acobreados.
:: Quer ter apenas mechas mais claras? Antes das luzes faça um fundo quente, como avelã ou mel.
:: Se precisar descolorir total, faça uma boa hidratação no salão para deixar os fios mais resistentes.
:: Tenha em mente que, quanto mais claro o cabelo estiver, mais rápido você terá que retocar a raiz.
:: O loiro-platinado deixa a pessoa sem expressão e pode tornar o visual deselegante.
:: As sobrancelhas devem estar uns dois tons mais escuras do que o loiro escolhido.
:: Após um mês, o loiro pode amarelar. Use um tonalizante acinzentado para corrigir.
:: Luzes feitas com touca estão em baixa. Prefira os reflexos com papel-alumínio.
:: As negras combinam com os tons de caramelo.

MORENA COR DO PECADO

:: Cuidado com os tons muito escuros, pois eles ressaltam qualquer defeito na pele.
:: Se você decidiu ficar morena, saiba que as sobrancelhas devem acompanhar o mesmo tom.
:: Para quebrar um fundo muito escuro, faça luzes cor de chocolate ou amêndoa.
:: Se as pontas estiverem muito porosas a tinta impregna nessa região e o cabelo ficará manchado. Corte as pontas.
:: Se o visual ficar pesado demais e o tom escuro a envelhecer, faça um corte repicado nas laterais.
:: Colorações avermelhadas desbotam com facilidade. Use um protetor solar diariamente.
:: Luzes claras feitas em um fundo bem escuro precisam ser retocadas a cada dois meses.
:: Cabelo escuro precisa ter muito brilho para não deixar o visual pesado. Depois da tintura, faça uma máscara hidratante 1 vez por semana.
:: Os brancos começaram a aparecer e se destacam no topo? Use tonalizante a cada 20 dias.
:: Esteja certa de que quer escurecer. Para voltar atrás será preciso descolorir total.
(Revista Ana Maria)

PROBLEMAS DOS FIOS

PROBLEMAS DOS FIOS

» POROSOS: As escamas ficam abertas, deixando os cabelos porosos, tornando-os sensíveis aos agentes externos e ainda com a perda da pigmentação, ou seja, da cor.

» PONTAS DUPLAS (Tricoptlose): Dá-se uma ruptura que começa nas pontas dos cabelos, tornando-os difíceis de pentear e fáceis de quebrarem com o manuseio de pente ou escovas.

» PONTAS DESFIBRADAS (Tricoclase): Nesse caso é mais grave. As pontas dos cabelos ficam desfiadas, tornando-as gravemente quebradiças, deixando os cabelos arrepiados, armados e feios.

» TRAUMATIZADO: Vento, poluição, cloro, tintas, tonalizantes, secadores, chapinha, etc violentam e abrem as escamas da cutícula, desidratam, quebram e eletrizam os cabelos.

O que fazer: Os cabelos devem ser hidratados, nutridos, condicionados sistematicamente.

Hidratante: Produto que penetra internamente no fio do cabelo, repondo a umidade natural.

Condicionador: Produtos que com o uso vão devolvendo aos cabelos a mesmas condições antes de serem danificados.

FORMAS DE CABELOS


A curvatura é a característica do cabelo que mais influência o volume, a penteabilidade e a maleabilidade, entre outras características. A curva do cabelo crespo, ondulado e liso é determinada geneticamente, variando de acordo com as raças.

» CABELOS LISOS - predominante nas raças mongólicas, como os chineses, esquimós e índios. São cabelos grossos e lisos, com algumas variantes: lisos e finos e ligeiramente ondulados.

» CABELOS ONDULADOS - predominante nas raças caucasóides como os europeus. São cabelos finos e ondulados, que se dividem em ondulados, muito ondulados e cacheados.

» CABELOS CRESPOS - característico de quase todas as raças negras e suas miscigenações podendo variar em crespos e muito crespos.

18/11/2009

ALISAMENTO PERFEITO E SEUS SEGREDOS

•Antes de começar o alisamento, lave os seus cabelos com água em temperatura ambiente na pia. Seque-os com toalha e, quando estiverem quase secos, aplique óleo reparador quente, especialmente nas pontas. Deixe-o por 24 horas e então lave-os um pouquinho de shapoo e condicionador.

•Seque o excesso de água e aplique soro capilar no seu cabelo, mas somente nas pontas, não na raiz, para que não fique oleosa.

•Desfaça os nós com um pente de cerdas largas e, se o seu cabelo estiver muito embaraçado, use spray desembaraçador. Não escove!

•Divida os cabelos em mechas grandes, prenda a parte de cima e ligue o secador.

•Segure a mecha e passe o secador de cima para baixo, com a ponta apontada para baixo, enquanto escova-a. Faça isso mecha por mecha, até que o cabelo esteja completamente seco.

•Se você decidiu usar uma chapinha para o alisamento (prancha alisadora) também, reparta o cabelo em mechas novamente e passe a chapinha mecha por mecha, devagar, três vezes por mecha.

•Termine com uma pequena quantidade de soro capilar.

ALGUMAS DICAS

•Aponte sempre o secador para baixo, para que os folículos fiquem apontados para baixo também.

•Você pode usar um spray de proteção ao calor antes de iniciar o processo.

•Se o seu cabelo é fragil, mantenha a temperatura do secador ou da chapinha baixa. Se ele é grosso e cheio, coloque a temperatura no mais alto. Em dúvida, coloque baixa.

•Invista em uma boa prancha (chapinha). Prefira uma com as pontas retas, ao invés de arredondadas e preferencialmente de cerâmica.

•Outra coisa que pode te ajudar a alisar os cabelos com menor dano é o alisador iônico. Ao invés de usar 2 placas aquecidas, ele age como um secador, causando menor dano.

•Não escove seus cabelhos molhados, pois isso faz com que eles quebrem. Sempre use um pente com cerdas largas.

•Se você está com pressa, não use a chapinha com os cabelos molhados. Sabe aquela fumacinha? É o seu cabelo COZINHANDO! Sempre use um secador antes da chapinha.

12/11/2009

ALISAMENTO E RELAXAMENTO

Alisamento e relaxamento

Se você quer eliminar temporariamente os cachos dos seus cabelos, o alisamento é a melhor opção. Uma das técnicas mais antigas utiliza-se da chapinha de ferro, também conhecida como prancha, que estira o cabelo depois de escovado. É um procedimento barato, mas é desfeito com a primeira lavagem do cabelo.

O alisamento químico dura mais tempo e exige maiores cuidados. Os componentes químicos, formulados à base de hidróxido de sódio ou tioglicolato de amônia, precisam ser aplicados com muito cuidado para não danificar os fios. Nesse processo, é recomendável não escovar os cabelos durante pelo menos três dias.

Se você quer apenas diminuir o volume do seu cabelo, soltar um pouco os cachos e ganhar movimento, opte pelo relaxamento. O processo é idêntico ao do alisamento químico e é feito com os mesmos produtos. A diferença é que o tempo de ação dos produtos nos cabelos é reduzido pela metade, o que torna
o processo menos agressivo aos fios, além de resultar numa aparência mais natural.

O relaxamento exige retoques a cada 45 ou
60 dias e deve ser feito apenas na raiz para não ressecar ainda mais os fios. Ele não é indicado para cabelos tingidos ou descoloridos.

"Para manter a aparência descontraída dos seus cabelos, aposente escova e secador e use condicionadores do tipo "leave-in", ideais para modelar o cacheado. Se preferir o cabelo mais liso, faça uma rápida escova ou apele para a velha touca", recomenda Cassolari.

Embora os produtos utilizados no alisamento e no relaxamento sejam bem menos agressivos aos cabelos do que eram antigamente, redobre os cuidados na hora de escolher o profissional que irá aplicá-los e observe os seguintes cuidados:

. O tempo de aplicação do produto não deve exceder o recomendado.

. Respeite o intervalo de tempo entre as reaplicações, que pode variar de 3 a 6 meses.

. Nunca faça alisamento se o seu cabelo já tiver passado por outros processamentos químicos, como tintura ou tonalizantes.

. Exija a realização de uma prova de toque antes de aplicar o produto, para verificar se a sua pele é sensível aos componentes químicos.

. Vá ao salão sem lavar os cabelos, pois a oleosidade protege e lubrifica os fios que irão receber os produtos químicos.

. Procure lavar os cabelos com xampus e condicionadores próprios para cabelos quimicamente processados.

. Pelo menos uma vez por semana dê banhos de creme hidratante para cabelos e, a cada 15 dias, aplique uma máscara de tratamento profundo nos fios.

Siga as recomendações para cada processamento químico em seus cabelos.

CABELOS LONGOS, MÉDIOS OU CURTOS...

Cabelos longos, médios ou curtos
lisos, cacheados ou crespos...
Corte ao menos as pontas dos cabelos a cada 2 meses, isso permitirá que eles se tornem mais fortes, saudáveis e sem pontas duplas.

Ao lavar os cabelos evite água quente que acaba abrindo a cutícula e causando ressecamento. Prefira água levemente morna e no último enxágüe dê um jato de água fria que ajudará a fechar as escamas dos fios.

Fazer hidratação (banho de creme) no salão ajuda a manter a vitalidade e o brilho, principalmente para os cabelos crespos, cacheados e os que passaram por processos químicos.

Produtos a base de queratina e silicone produzem efeitos imediatos, favorecendo o brilho, a maciez e a sedosidade.

Evite dormir com os cabelos molhados para não quebrar os fios.

Os produtos sem enxágüe (leave-in) são excelentes para reduzir o volume, modelar o penteado e combater o ressecamento.

Utilize produtos que tenham na sua composição princípios ativos como: vitaminas A e E que ajudam a manter a saúde e a beleza dos cabelos.
Estações vêm e vão e a franja segue com força total!!!

Pode ser repicada, cheia, geométrica, reta, ralinha, abaixo da sobrancelha…

Dica: cortar uma franjinha bem desfiada.

Todo mundo pode usar, só tem que tomar cuidado pra escolher o corte que fica melhor pro formato do rosto.

rosto oval: super democrático, aceita qualquer tipo de franja

rosto quadrado: comprida, cheia, na diagonal

rosto retangular: é legal evitar o volume, é legal cortar mais de lado, na altura dos olhos

rosto triangular: fica bem com franjas ralinhas e desfiadas

rosto redondo: fica ótimo com uma franja mais longa

Procure cortar com um profissional para não se arrepender depois!

CABELOS VOLUMOSOS E SEUS CUIDADOS

Se você tem cabelos volumosos, gosta deles lisos e opta por uma escova diariamente, siga estes passos:

Escova redonda

Penteie o cabelo molhado com um pente de dente largo. Em seguida use o secador com o “bico de direcionador de ar”, sempre na temperatura mais quente e a uma distância de aproximadamente 15 cm dos cabelos. Para alisá-los, opte por uma escova redonda de acordo com o tamanho do cabelo (escova pequena redonda para cabelos curtos, escova média redonda para cabelos médios e escova grande redonda para cabelos compridos). Dê preferência para aquelas que possuem o cabo de madeira, com cerdas naturais próximas uma da outra, que desembaraçam e diminuem a “eletricidade” sem quebrar os fios.

Pente de dente largo

Para manter o visual natural do cabelo, penteie somente com os fios molhados e deixe-os secar sozinhos, sem tocá-los até que estejam completamente secos. Fique de olho, pentear os cabelos úmidos em excesso pode deixá-los com mais volume do que o natural.

CABELOS CRESPOS EM DIAS ÚMIDOS

O cabelo crespo é suscetível a “frizzies” (especialmente em dias úmidos). Isso porque este tipo de cabelo é muito anelado (desde a raiz) e com tantas torções e curvas, em alguns filamentos da cutícula pode infiltrar umidade e causar o efeito frizz [“aka frizzing”]. Além disso, os cabelos crespos são naturalmente secos, o que faz com que absorva água e dê uma aparência de desgastados.

Por isso, em qualquer condição climática, é preciso manter os cabelos crespos constantemente hidratados e usar produtos específicos. Isso inclui o uso de um bom “leave-in” (creme para pentear), hidratações semanais e uso de máscaras reconstrutoras de fios nos “banhos de creme”/hidratação. Os cabelos revestidos com uma boa hidratação preenchem as lacunas e torna o cabelo um pouco mais impermeável à umidade.

Outra grande dica para evitar o efeito arrepiado nesse período (clima frio/úmido) é usar produtos que “desfriza” o cabelo crespo (sem alisá-lo). O serum anti-frizz é uma boa sugestão para usar neste período, pois adiciona brilho e condicionamento. A maioria dos “serum” contém silicone, o que repele a umidade e o protege simultaneamente. Não emplaste o cabelo! Silicones, serum é apenas e o suficiente para deixá-los um pouco mais hid

Não pense que pode emplastar o cabelo com creme para pentear (“leave in”). Nada disso! Existe uma medida certa. A quantidade de creme para pentear é a medida de uma gota do tamanho de uma moeda de cinquenta centavos. Espalhe bem nos cabelos. Se seu cabelo for muito ou grande, talvez tenha que aumentar esta medida. É o suficiente para condicioná-lo, hidratá-lo, sem emplastar.

Pronta para sair por aí balançando seus cabelos? Arrase!

CABELOS LISOS E SEUS CUIDADOS

Para os cabelos lisos a dica é tomar muito cuidado com a manipulação para que eles não fiquem oleosos.

Tipo certo de escova

Para pentear os cabelos lisos opte por escovas com cerdas separadas e grossas (raquete) que podem ser usadas nos cabelos molhados ou secos. Este tipo de escova deixa os cabelos mais brilhantes e soltos sem o risco de quebrar os fios.

Secador com bico direcionados

Lave os cabelos com shampoo apropriado e enxágüe bem, para remover todo o condicionador. Em seguida, utilize o secador com o “bico direcionador de ar” a uma distância de 15cm dos cabelos, apenas sacudindo os fios com as mãos e sem o uso de escovas. Cuidado! Não encoste o “bico de metal” no cabelo para não ressecá-lo.
Fonte: Cuide-se Bem

ESCOVA PROGRESSIVA COMPENSA ?

Cabelos arrumados e leves mesmo ao vento é o que todo mundo quer!

Não tem como negar!

Ter cabelos lisos está na moda e sua praticidade é indiscutível!

Sorte de quem já nasceu com estilo vassoura de piaçava.

E o problema parece que está aí: as pessoas que têm cabelo crespo e que alisam,os argumentam que não é só uma questão de moda e sim que o liso é muito mais prático e fácil de arrumar, ou seja, dá muito menos trabalho para deixar com um ar de arrumado e bem tratado do que o crespo.

E, realmente é verdade!
Então, por que não domar os fios ?
Compensa!

COMO AGEM OS PRODUTOS DA ESCOVA PROGRESSIVA NOS FIOS ?

O formol pega carona na queratina líquida e penetra na fibra capilar.

Em contato com o oxigênio, ela endurece e o formol agi como se fosse um reboco.

"A queratina restaura o cabelo e o formol evita o religamento das fibras".

Em contato com o calor, o desfrizante "amolece o cabelo para receber o produto".

ESCOVA PROGRESSIVA OU QUALQUER OUTRA EM CRIANÇA


PENSE E REPENSE !

UMA IMPECÁVEL DUPLA DINÂMICA

Maria Isadora, 9, e Maria Victória, 12, brincam de boneca
e de se embonecar. Só escova progressiva já fizeram
mais de uma vez .

(Veja.com)

A psicologia é das mais básicas:

A mãe que estimula cuidados estéticos exacerbados na filha está, na verdade, projetando nela suas fantasias.

ESCOVA PROGRESSIVA SEM FRONTEIRAS

Diz a politicamente incorreta sabedoria popular, tal como manifestada em para-choques de caminhão, que cabelo ruim é igual a bandido: ou está armado ou está preso.

Cabelo bom é liso, brilhante, esvoaçante, sem excesso de volume.

Exatamente o efeito da escova progressiva, a técnica milagrosa, embora quimicamente complicada, inventada por cabeleireiros do subúrbio do Rio de Janeiro em cujo altar mulheres de cabelão bandido se postam a cada quatro meses, mais ou menos.

Consagrado em nível nacional, o alisamento feito com formol, uma solução química de odor estonteante, e queratina, tipo de proteína existente em cabelos, pele e unhas, ultrapassou fronteiras. Chamada de Brazilian Hair Straightening, Brazilian Blowout, Keratin Treatment e outras denominações, a escova progressiva, que aqui também tem nomes variados (marroquina, de chocolate), é hoje oferecida em salões dos Estados Unidos, da Europa e do Oriente Médio, todos lugares capilarmente atrasados que se renderam ao feitiço brasileiro.

QUALA DIFERENÇA ENTRE ESCOVA COM FORMOL OU AMÔNIA ?

Qual é a diferença entre processos com formol e com amônia?

A escova progressiva é composta por 0,2% de formol, máscara de hidratação – que contém aminoácidos – e queratina. Apesar dos rumores de que o formol faz mal para o cabelo, nunca presenciei nenhum tipo de problema. Além do mais, o formol deixa o cabelo bem mais natural do que a amônia, mas a escova com amônia tem uma durabilidade maior.

Na escova cromática, é usado 100% da amônia, ou seja, é um processo de alisamento mesmo. Enquanto ela quebra a molécula, o formol encapa os fios. Conforme as lavagens, a progressiva se desmancha aos poucos e dura de acordo com o crescimento da raiz.
(Larissa Drumond)

ESCOVA PROGRESSIVA FEITO EM CASA POR VOCÊ

Seja você mesmo a cabelereira e faça a sua própria escova.

Há muito tempo as mulheres, recorrem à escova, para deixar os cabelos cacheados, frisados, e crespos, com aspecto liso. Por isso, pelo menos uma vez na semana, as mulheres têm a necessidade de irem aos salões de beleza, para manter os cabelos impecáveis,Entretanto, não são todas as mulheres, que podem ter seus “cabeleireiros 24 horas, ou, ir ao salão todas as semanas. Mas, então o que fazer, se o dinheiro está curto, e não tem cabeleireiro? Uma opção, para quem quer manter as madeixas lisas, e sem gastar, é fazer a própria escova em casa.

Porém, fazer uma escova bacana requer vários cuidados, como se você estivesse no próprio salão de beleza. Um dos primeiros passos é escolher o shampoo e o condicionador; estes devem ser adequados ao seu tipo de cabelo.

Outra observação é a escolha do secador, que deve ser quente, mas, que tenha uma velocidade alta e a temperatura boa. Isto porque se o secador estiver muito quente, o risco de queimar o couro cabeludo no processo é maior. Uma recomendação bacana, é a escolha de um secador ionizado, que evita deixar o cabelo com aspecto de efeito elétrico.

Em relação às escovas para secar os cabelos, as variedades são enormes. Porém, essa também é uma escolha essencial, na hora da escovação, pois se o modelo que você utilizar estiver de desacordo com o seu cabelo, a quebra dos fios pode acontecer no processo. Para acertar na escolha, observe a relação do seu fio, ou seja, quanto mais grossos os fios, maior deverá ser o diâmetro da escova e o espaços entre as cerdas.

Outra dica, muito importante é a escolha, de um protetor térmico, que auxilia na proteção dos fios contra os efeitos do secador. Alguns contêm substâncias que deixam os fios com uma aparência de um cabelo mais liso.

Bom, depois de todos esses cuidados, vem a parte da ação. Pode ser que nas primeiras vezes, seja um pouco difícil para fazer uma escova e que não fique como a do seu cabeleireiro. Mas, com a prática, você acabará aperfeiçoando a técnica e a escova ficará do jeito que você gosta.

Para começar, lave os cabelos com o shampoo e condicionador. Retire bem o excesso do condicionador, pois se o cabelo ainda estiver com muito produto, o deixará com aspecto oleoso e a escova não sairá legal. O segundo passo, é a retirada do excesso de água dos fios, seque com toalha, ou, passe o secador em uma temperatura morna, apenas para os cabelos ficarem úmidos. Porém, quem possui cabelos crespos, deve deixar o cabelo um pouco mais úmido para a escovação. Em seguida, aplique o protetor térmico ao longo dos fios e utilize um pente para auxiliar, espalhando o produto sobre os cabelos. Então, divida o cabelo em quatro partes, e prenda com “piranhas”, assim você terá um controle maior durante o processo.

Uma boa dica é a começar a escovação pela parte de trás dos cabelos. Soltando mecha, por mecha, passe a escova, da raiz para a ponta, com o secador no mesmo movimento dela. Apenas tome cuidado para deixar certa distância entre o secador e a raiz, para não causar queimadura no couro cabeludo. Escove cada mecha na média de três a cinco vezes. Sempre escove uma metade do cabelo, depois a outra. E evite forçar os fios no momento de puxar, pois eles podem quebrar; apenas mantenha a mão firme na escova.

Há pessoas que optam por passar a prancha alisadora, que modelam o cabelo, após a escovação. Mas a chapinha também queima os fios, então prefira aquelas feitas de cerâmicas ou porcelana, que mantém a temperatura. E passe de duas a três vezes em cada mecha, evitando deixar ela em um único ponto do cabelo. Finalizando... Utilize algumas gotas de máscara de silicone para conferir brilho a sua escova e assentar alguns fios arrepiados.
Heloisa Pereira Oliveira

10/11/2009

LIMPEZA DOS FIOS E DO COURO CABELUDO É ESSENCIAL

Para manter os cabelos saudáveis e bonitos, a limpeza dos fios e do couro cabeludo é essencial.

Uma lavagem inadequada tira a vitalidade dos fios, além de ocasionar quebra e ressecamento.

Frequência da Lavagem

Seguem as recomendações de lavagem para cada tipo de cabelo:

.Cabelos oleosos: diariamente

.Cabelos normais: dias alternados
.Cabelos secos: três vezes por semana
Qualquer tipo de cabelo pode ser lavado diariamente sem problemas. Para evitar que os fios ressequem, prefira os produtos para uso diário.
Quem faz Escova Progressiva, deve evitar muitas lavagens no cabelo para que o efeito do produto nos fios dure mais.

09/11/2009

CASPAS E COMO EVITÁ-LAS

Como evitar a Caspa nos cabelos

A dermatite seborreica (a popular caspa) é indesejável, nada estética, desagradável mesmo. No inverno, ela pode piorar, graças aos banhos, que se tornam mais quentes, estimulando as glândulas sebáceas e piorando o quadro.

Mas o problema pode ser tratado de forma relativamente simples e muito eficiente. Quem nos esclarece sobre o assunto é a dermatologista Leila Bloch.

Confira!

A caspa se caracteriza por uma oleosidade excessiva (a seborreia) no couro cabeludo. Em seguida, aparecem a inflamação e a descamação. A inflamação produz vermelhidão e sensibilidade, e a descamação pode se apresentar de várias formas: de finas escamas (que parecem floquinhos de polvilho) até crostas que, ao serem removidas, ferem o couro cabeludo.

As coisas pioram quando a caspa não aparece sozinha, mas vem junto de outro problema, chamado alopecia androgenética, o que vai acelerar a queda de cabelos. O estresse é um dos fatores que desencadeiam esse quadro; outro fator é o aumento de fungos do couro cabeludo.
O tratamento deve ser recomendado pelo seu médico, mas geralmente vai ser feito usando-se xampus anti-inflamatórios, antifúngicos ou normalizadores da descamação – ou tudo isso associado.

A importância de lavar os cabelos

O xampu que combate a caspa deve ser usado diariamente, para remover de forma eficaz a oleosidade e as impurezas do couro cabeludo.

Use água morna ou fria. Na hora da aplicação do xampu, faça duas lavagens seguidas, e use a polpa dos dedos (a parte mais “gordinha”) para massagear o couro cabeludo. Evite as unhas. Na segunda lavagem, deixe o xampu agir por dois minutos nos cabelos, antes de enxaguar. Seque os cabelos com a toalha e depois com o secador, para tirar o excesso de umidade.

Outras dicas para combater a caspa

1. Prefira os secadores profissionais, que produzem mais vento do que calor;

2. Nunca durma com os cabelos molhados nem coloque touca, boné ou capacete com o cabelo úmido. Isso favorece um ambiente quente e úmido para desenvolver os fungos que desencadeiam a dermatite seborreica;

3. Veja com seu dermatologista a possibilidade de você fazer aplicações de LED (luz emitida por diodo), que tem ação anti-inflamatória, gomagem (uma espécie de peeling capilar) ou aplicação de luz UVA. Ele é o profissional ideal para aconselhar o melhor tratamento.
fonte: http://beleza.ig.com.br

CABELOS OLEOSOS


Confira 8 dicas para cuidar dos cabelos oleosos

Quem tem cabelos oleosos sabe como é difícil manter a boa aparência. Não é fácil lavar a cabeça de manhã e chegar à noite com o aspecto de quem está longe do chuveiro há dias. Sem ter mais ideias de como driblar a situação para lá de incômoda, as mulheres apelam a todos os tipos de xampus, cremes e tratamentos. Calma! Experimente seguir oito dicas simples do hairstylist Pedro Paulo Marques. "Mantendo esses hábitos, os fios estarão sempre com a aparência de bem tratados.

" Confira":

1) Não lave os cabelos com água muito quente, pois a alta temperatura os resseca e, por isso, estimula a produção de mais oleosidade.

2) Evite o uso constante de xampu para cabelos oleosos, porque o produto resseca o couro cabeludo, estimulando as glândulas sebáceas a produzirem oleosidade para hidratar a fibra capilar.

3) Dê preferência a xampus neutros, que tenham pH equilibrado. Outra opção é o uso diário diluído em água.

4) Evite usar condicionador na raiz e na extensão do fio. Aplique só nas pontas.

5) Risque da lista os produtos do tipo 2 em 1 (xampu e condicionador).

6) Aposte no xampu antirresíduo somente se as madeixas estiverem muito sujas.

7) Ao usar secador, mantenha-o a uma distância de 15 cm para que o calor não estimule as glândulas sebáceas.

8) Não passe as mãos ou escove muito os cabelos. São hábitos que estimulam a produção de óleo.

SHAMPOO IDEAL SEM MISTÉRIOS

Quem nunca ficou em dúvida em frente a uma prateleira cheia de xampus? Num cenário como este é difícil escolher entre tantos ativos e benefícios. Especialistas consultados por UOL Estilo ensinam que os primeiros passos para comprar o xampu ideal são conhecer o seu tipo de cabelo e livrar-se de alguns mitos.

Tempero liberado

Um dos grandes filões do mercado cosmético é o lançamento de produtos classificados como "sem sal" e indicados especialmente para cabelos escovados. Trata-se apenas de uma grande jogada de marketing segundo Emiro Khury, diretor técnico da Associação Brasileira de Cosmetologia. Segundo o especialista, não existe qualquer comprovação científica para a influência negativa nos cabelos do sal, usado como espessante no xampu. Este mito surgiu com a esfoliação que o sal do mar causa nos cabelos, causando o aspecto de ressecamento. "A concentração de sal nos produtos cosméticos é infinitamente menor que no oceano e é incapaz de danificar os fios", garante.

Use com parcimônia

Ninguém aqui vai defender a falta de higiene pessoal, mas é bom explicar que excesso de uso de xampu também não é um bom hábito. "Dependendo do cabelo, o uso diário de xampu pode ser prejudicial", diz a dermatologista Renata Sittler. A limpeza exagerada pode acentuar problemas, deixando cabelos secos ainda mais ressecados ou estimulando o efeito rebote e a produção de sebo nos oleosos. Emiro Khoury aconselha a observar qual é o tempo máximo que o cabelo pode ficar sem xampu e seguir esta periodicidade como padrão. O ideal é lavar os fios no máximo três vezes por semana.

Virou rotina

Depois de algumas semanas seu xampu não faz o mesmo efeito? Não é impressão sua. Como são um produto de uso contínuo, os xampus são compostos de agentes de limpezas e outros de proteção que evitam possíveis danos causados pelo processo adstringente, explica Emiro Khoury. Os ativos protetores formam uma película em torno dos fios que se acumula com o número de lavagens. Depois de um tempo, o próprio xampu deixa de romper esta barreira formada por ele mesmo e há uma mudança visível nos resultados. A melhor solução é alternar o seu produto preferido com um de outra marca por alguns dias.

Sem rastros

Se sua bancada é uma ótima vitrine de produtos para cabelo, é hora de adquirir um novo item: o xampu anti-resíduo. Condicionadores, leave-ins, mousses, reparadores, ceras, e até outros xampus deixam vestigios que permanecem nos fios mesmo após as lavagens. O acúmulo de substâncias deixa as madeixas com o aspecto pesado e sem brilho. O anti-resíduo, como o próprio nome diz, retira todos os excessos. "Como ele tem propriedades de limpeza bastante acentuadas, é recomendável usá-lo apenas uma vez por semana, ou até a cada 15 dias", aconselha a dermatologista Renata Sittler.

Química perfeita

É comum observar em salões de beleza profissionais que diluem o xampu com água antes de aplicá-lo nas clientes. "O único benefício desta prática é do salão, porque o produto vai render mais", garante Khoury. "O xampu é fabricado na proporção e concentração ideal e não precisa ser diluído", diz. Todo produto cosmético, inclusive os de limpeza, têm elementos químicos que pode interagir com outros elementos presentes na água da torneira, como o cloro. Esta mistura pode alterar a fórmula e prejudicar os efeitos esperados.

Banho de espuma

Ela é usada como parâmetro de eficiência, mas a espuma não é capaz de indicar se o o xampu é bom ou ruim. Segundo Khoury, seu papel é apenas sensorial. A espuma é capaz de transmitir ao consumidor impressões sobre produto através da sensibilização do tato. Bolhas pequenas e resistentes criam a impressão de xampu cremoso e denso, tão desejada por quem tem cabelos secos. Os donos de fios oleosos, pelo contrário, vão procurar por produtos com bolhas grandes e frágeis, que demonstram uma fórmula leve e fácil de retirar. Além disso, a espuma serve para certificar que o enxágue foi bem feito, já que nós apenas tiramos a cabeça do chuveiro quando não a sentimos mais com a ponta dos dedos.

Par perfeito

Esqueça aquela história de comprar um xampu para a família toda. A escolha é bastante individual, pois cada pessoa precisa de resultados diferentes. "Leve em consideração o couro cabeludo e fio como um todo. Observe se o cabelo é seco, oleoso ou misto, se tem caspas, se é tingido, se sofreu processo químico. Identificada a necessidade, é possível se orientar pelos rótulos dos produtos disponíveis", ensina Renata Sittler.

Não se esqueça também que um bom enxágue é indispensável para cabelos saudáveis. Xampus não são feitos para permanecerem nos fios.

Para ajudar quem ainda está indeciso, o hairstylist Guilherme Cassolari, elaborou uma lista de dicas de como reconhecer os xampus indicados para oito tipos de cabelo.
Fonte: http://estilo.uol.com.br

CABELO BOM E A TEORIA DE CHRIS ROCK

A teoria do cabelo bom, por Chris Rock

Vem aí um documentário de Chris Rock sobre cabelo – sobre cabelo bom, como diz o título, “Good Hair”. O filme saiu de uma situação do cotidiando: a filhinha de Chris Rock chegou nele um dia e perguntou porque é que não tinha cabelo bom. Isto é, um cabelo diferente do tipo natural do cabelo negro. “Me pergunto de onde ela tirou essa idéia” se pergunta, irônico, no trailer. E faz sentido. Já ouviu a expressão “cabelo ruim”? É disso que ele fala no longamentragem, quando visita salões de beleza e celebridades para desvendar a busca pelo chamado “cabelo bom”. O que é bom e o que é ruim, afinal?

Algumas mulheres assumem o seu cabelo. Mas parece que não é isso o que o resto do mundo quer fazer.

Numa entrevista, perguntaram pra Chris se os homens negros como ele também tem esse tipo de preocupação com o cabelo. A resposta? Não. “Nós só pensamos: sou tão bonito quanto eu gostaria de ser? Não? Então terei que ganhar mais dinheiro na vida”.

Para um retrato da noção de beleza da sociedade com uma boa dose de sarcasmo, o filme é a pedida certa.
Dá uma olhada no site de "Good Hair".
Fotos: reprodução + divulgação

CREMES MODELADORES CORPORAIS

CREMES MODELADORES CORPORAIS

O que fazem os cremes cosméticos para gordura localizada? Funcionam mesmo?
Fórmulas verdadeiras, quais são elas ?

São formulações destinadas a massagear o corpo e permitir o suprimento para a pele de princípios ativos com ação lipolítica, drenante e restauradora. Uma boa formulação deve associar estas 3 categorias de matérias-primas ativas, procure por elas no seu produto cosmético:

1- Os ativos lipolíticos

A lipólise é "quebra" da gordura em ácidos graxos e glicerol, substâncias utilizáveis pelo organismo no processo metabólico natural. A cafeína é uma excelente ativador do metabolismo dérmico de gorduras, pois permeia a epiderme e derme e consegue chegar, por si só, a camada onde a gordura se encontra. Além da cafeína outras metilxantinas também agem desta forma, como a teofilina e a teobromina retirada do cacau, muito em moda na Europa, desde o verão passado e presente em produtos de linhas consagradas.

2- Os ativos drenantes

Agem estimulando a liberação de toxinas para as linfas, ajudando a diminuir os edemas e acúmulos. Bons exemplos de ingredientes estão nos extratos vegetais de hera( Hedera helix) e Centella asiática.

3- Os ativos restauradores da barreira cutânea

A pele onde se instala a celulite e excesso de gordura fica empobrecida também de oxigenação, portanto menos nutrida e hidratada. Alguns bons ativos são as vitaminas e lipídeos vegetais.

E quem são estes?

Os clássicos mentol e cânfora, muito usados em géis modeladores, agem somente como termo-ativos, isto é, abaixam a temperatura da pele e estimulam a circulação periférica, mas não penetram na pele. São ingredientes complementares, que pertencem a uma geração antiga de formulações para o cuidado cosmético corporal. Não fazem mal, mas também contribuem pouco para melhorar a condição cutânea.

Bem, pessoal, agora é com vocês. Para melhorar o contorno corporal é sempre fundamental adotar uma alimentação equilibrada, agregar uma rotina de exercícios físicos ao seu dia a dia e escolher produtos cosméticos que complementem bem tudo isso.

COMPRE JÁ O SEU DMAE CORPORAL

COMPOSIÇÃO: PHYTOCAFEIL, CAFEÍNA VETORIZADA, NANOSPHERES THEOPHYLLISILANE C, TRANSCUTOL COMPLEX.

PRÍNCÍPIO ATIVO: DMAE

PEÇA TAMBÉM O NOSSO COSMÉTICO PARA AS PERNAS COM CÂNFORA, MENTOL, ARNICA, ÓLEO DE AMÊNDOAS E ÓLEO EXTRAÍDO DE BÉTULA.

O óleo alivia as tensões, torcicolos e dores.
Acalma e relaxa diminuindo o cansaço.
Ele ativa a circulação e suaviza as dores musculares.
OBS: Quem usa homeopatia não usar o óleo, pois tudo que contém cânfora tira o efeito homeopático. Gestantes podem usar.

CONTATO: lookchique@gmail.com

CHAPINHA ESTRAGA OS CABELOS ?

Não, se você usar a chapinha da forma correta.

E como é?

1) Quando lavar, use um shampoo reparador ou para cabelos danificados.

2) Passe um leave-in nos cabelos úmidos, de preferência um produto que seja termo-ativado (que funciona melhor com secador e/ou chapinha).

3) SEQUE BEM O CABELO (ao natural ou com secador). A menos que você utilize uma chapinha especial para cabelos úmidos - e que exige cuidado redobrado com os fios - o cabelo precisa estar bem sequinho pra não “fritar” os fios!

4) Separe mechas de 4 cm de largura e deslize a chapinha no comprimento do fio todo, da raíz para as pontas, sem passar muito perto da raíz nem parar com a chapinha no meio do caminho. Passe no mínimo 2 e no máximo 6 vezes.

5) Use um pente fino para ajudar a separar e segurar as mechas enquanto você passa a chapa - facilita, dá um ótimo acabamento e ainda protege você de queimar sua mão.

6) Coloque 2 gotinhas pequenas de reparador de pontas nas mãos, esfregue uma na outra e passe SOMENTE NAS PONTAS do seu cabelo, para a raíz não fica oleosa.

Pronto. Pode alisar a cabeleira todo dia!

07/11/2009

ESCOVA PROGRESSIVA CHEGOU E FICOU


Quem tem aquele tipo de cabelo que encrespa ao menor sinal de umidade no ar, "arma" com facilidade e faz com que se percam horas em frente ao espelho, até que os braços doam de tanto manejar o secador, tem na Escova Progressiva de Formol, uma interessante alternativa.

Ficou conhecida a expressão "Escova Progressiva", que se refere à técnica onde uma solução de formol, misturada à queratina líquida e uma emulsão leave on, é aplicada mecha a mecha, sendo feita, então, uma "escova" tradicional.

É freqüentemente pedido para que não se lave o cabelo, nem se prenda por cerca de três dias, mas na verdade isto não é importante nem necessário, veremos a seguir o motivo...Os cabelos tornam-se bem mais lisos, pesados, encorpados. Vale a pena frisar que o formol, não é alisante. Ele é sim, um "fortalecedor" do fio, criando uma espécie de "capa" que o envolve, endurecendo a queratina que é um constituinte natural e principal do fio de cabelo.

A boa notícia é que, ao contrário dos alisamentos tradicionais, como a escova "japonesa´", o relaxamento, que enfraquecem realmente os cabelos, danificam profundamente os fios, fazendo com que partam e caiam, a escova com formol não é prejudicial aos fios, mesmo sendo repetida a cada 60 ou 90 dias (não chega a ser necessário antes disso), desde que feita com habilidade.

Inicialmente, usavam-se concentrações mais fortes de Formol nos salões, entre 3,5 e 4%, mas depois a ANVISA, decidiu liberar apenas as concentrações mais fracas, (0,2 %) cujo efeito é naturalmente menor, mas por outro lado poderá ser usado com mais freqüência.
A Escova Progressiva chegou e ficou!
Ela alisa,tira volume e doma os cachos.

PEÇA JÁ A SUA!
CONTATO: lookchique@gmail.com

ABUSE, MAS CUIDE DOS CABELOS

A busca por cabelos bonitos faz com que as mulheres abusem da aplicação de produtos químicos e que com o tempo, podem danificar os fios. Estes componentes, presentes em permanentes, loções para alisar e tinturas, tornam os cabelos mais porosos e sensíveis a qualquer tratamento. Com isso, os cabelos podem cair, ficar quebradiços, sem brilho e fracos.

Confira algumas dicas que podem livrá-la destes prejuízos:

Evite pintar, alisar ou fazer permanente no cabelo caso ele não esteja em excelentes condições.

Se desejar alisar, fazer permanente ou tingir ao mesmo tempo, dê um intervalo de uma semana entre os tratamentos. Além disso, é necessário preparar o cabelo pra tanta química com hidratações e banhos de creme.

Se o cabelo já está tingido, procure permanentes e tinturas específicos para eles.

Cabelos descoloridos com tom muito mais claro do que o natural, e que recebeu tintura logo depois, devem descansar. É melhor evitar permanentes e alisamentos. O cabelo precisa de mais tempo para se recuperar.

Luzes e mechas devem ser feitos depois da permanente ou do alisamento.

A loção para permanente reage de modo diferente no cabelo tingido e no natural, portanto, os resultados não são os mesmos. Espere que as luzes ou mechas tenham crescido antes de adotar um destes métodos.

Cabelos com henna também devem esperar para receber permanente ou alisamento, já que ambos interferem no processo químico. A henna pode ser aplicada depois.

Cabelos tingidos ou com permanentes, devem ser poupados das chapinhas, rolos elétricos ou secador mais de duas vezes por semana.

Para minimizar os efeitos do secador mantenha-o aproximadamente 20 cm afastado da cabeça e em temperatura moderada.

Para proteger os fios do calor, faça tratamentos com condicionadores e produtos especiais para cabelos secos e quebrados.
(Terra)

02/11/2009

ESCOVA PROGRESSIVA E SUAS MENTIRAS

Você usa, já sou, esta querendo usar ou já ouviu falar:

- Escova Progressiva - Escova Definitiva
- Escova de Gradativa
- Escova de Queratina
- Escova de Chocolate
- Escova de Morango (Depois dessa tudo quanto é fruta ganhou escova)
- Escova Inteligente
- Escova de Andiroba
- Escova de Quiabo (incrível,mas existe!)
- Escova de Vinho
- Escova de Algas
-Escova Marroquina
- Escova Alemã
- Escova Indiana
A listinha é interminável!

O que essas escovas possuem de errado?

FORMOL usado de forma errada!E em alguns casos Hidróxido usado também de forma errada.

A escova cheia de nomes tem somente poder de hidratação ou então, fazer um alisamento/relaxamento.

O Cheirinho tem apenas uma função, camuflar o odor do formaldeído(formol), ouso a dizer que 90% das escovas de frutinhas não possuem nem um extrato ou óleo essencial da fruta anunciada.

AGORA,VOCÊ PRECISA SABER QUE...

- Se alisa é por que tem química

- Se não alisa é escova de tratamento

- E se não tem química, mas estica,tem formol!


Qualquer uma delas,usada de forma correta, não faz mal e o resultado é excelente!
Mas é preciso pelo menos conhecer o que se vai usar!