20/11/2009

ESCOVA PROGRESSIVA COM FORMOL

Quem tem aquele tipo de cabelo que encrespa ao menor sinal de umidade no ar, "arma" com facilidade e faz com que se percam horas em frente ao espelho, até que os braços doam de tanto manejar o secador, tem na Escova Progressiva de Formol, uma interessante alternativa.

Claro que é bom considerar a hipótese de assumí-los crespos, aprendendo a definir os cachos com os produtos certos, bons silicones, emulsões e gel definidor de cachos... Mas, existem pessoas que não se adaptam mesmo a esta realidade e gostariam muito de ter cabelos menos crespos e mais obedientes...

Ficou conhecida a expressão "Escova Progressiva", que se refere à técnica onde uma solução de formol, misturada à queratina líquida e uma emulsão leave on, é aplicada mecha a mecha, sendo feita, então, uma "escova" tradicional.

É freqüentemente pedido para que não se lave o cabelo, nem se prenda por cerca de três dias, mas na verdade isto não é importante nem necessário, veremos a seguir o motivo...

Os cabelos tornam-se bem mais lisos, pesados, encorpados. Vale a pena frisar que o formol, não é alisante. Ele é sim, um "fortalecedor" do fio, criando uma espécie de "capa" que o envolve, endurecendo a queratina que é um constituinte natural e principal do fio de cabelo.

O fato de o cabelo ficar mais liso é decorrência deste novo calibre mais grosso que o cabelo adquire, que faz com que tenha um "caimento" melhor, já que se torna mais pesado... Como se faz a escova logo em seguida à aplicação, o fio se condiciona melhor a assumir esta forma, esticada, como se tivesse sido passado a ferro, mas assim, permanecesse por mais tempo, mais resistente às variações do clima, da umidade, do amassamento natural, que sofrerá na hora da pessoa deitar-se e mexer nos cabelos...