20/11/2009

CABELO E SUAS CORES

O cabelo (do latim capĭllus) é cada um dos pêlos que crescem no couro cabeludo (parte superior da cabeça do corpo humano). Diferenciam-se dos pêlos comuns pela sua elevadíssima concentração por área de pele e pelo desenvolvimento em comprimento.

Podem ser lisos, crespos, ondulados e de muitas cores:

Loiros

Uma recente pesquisa mostra que os loiros atualmente, representam apenas 2% de pessoas do mundo. Os cabelos loiros podem aparecer em todas as raças, mas a ocorrência mais comum acontece entre os caucasianos, principalmente das regiões da Escandinávia, Rússia, Países Germânicos e Leste Europeu.

Ruivos avermelhados

Os cabelos ruivos podem adquirir uma tonalidade mais avermelhada ou mais alaranjada dependendo da variação. Os cabelos ruivos avermelhados são bastante comuns na Rússia e na Grã-Bretanha.

Ruivos alaranjados

Algo entre o louro e o ruivo avermelhado, o alaranjado é bastante comum nos países britânicos como a Irlanda e o Reino Unido. Podem adquirir um tom mais acastanhado.

Castanhos claros

Os cabelos castanhos claros refletem uma transição entre o louro e o castanho de fato. Podem adquirir reflexos dourados, e são muito comuns na Grã-Bretanha, França e nos países alpinos.

Castanhos escuros

Os cabelos castanhos escuros são muito comuns em toda a Europa, e tem ocorrência em todas as raças. Apresentam uma tonalidade próxima ao marrom.

Pretos ou negros

Comum em todas as raças, especialmente entre as asiáticas e entre os povos provenientes do mediterrâneo, como portugueses, espanhóis, gregos, italianos e árabes.

Grisalhos

Cabelos acinzentados, ou por decorrência da idade, ou pela perda precoce de melanina, que pode ocorrer na adolescência ou até mesmo na infância.

Brancos

Em pessoas idosas ou sob condições anômalas.

Os cabelos não servem só como um aliado estético (dando forma e valorizando o rosto) mas também funcionam como um isolante térmico, protegendo a cabeça das radiações solares e da abrasão mecânica. Também podem ser um indicativo de diversas doenças que se manifestam alterando sua estrutura.